A Jornada Mundial da Juventude nasce com um convite do Papa S. João Paulo II aos 250.000 Jovens em Roma no Domingo de Ramos de 1984, Ano Santo da Redenção.

É o encontro dos jovens de todo o mundo com o Papa.

Aberto a todos quer estejam mais próximos ou mais distantes da igreja, será o maior evento que Lisboa (e Portugal) acolheu nos últimos 20 anos.

É simultaneamente uma peregrinação, uma festa da juventude, uma expressão da Igreja universal e um momento forte de evangelização.

A Jornada Mundial da Juventude conta com dois símbolos que a acompanham e representam: a Cruz Peregrina e o Ícone de Nossa Senhora Salus Populi Romani.